Saiba como trabalhar com a revenda Calvin Klein ou ser um representante da marca no Brasil.

Quando o assunto é moda, existem algumas marcas que se destacam na lista de desejo das pessoas, e quando fragmentamos a moda para o segmento jeans, esse mercado fica ainda mais acirrado, ainda mais porque as peças jeans estão presentes em praticamente todos os guarda-roupas.

Em meio a tanta competição, se torna difícil uma marca se considerar a líder do setor, porém é muito fácil encontrar pessoas que elegem uma marca como a sua preferida, a do seu coração, e a partir disso, se torna muito mais fácil que ela fique um pouco a frente, pelo menos por um grupo específico de pessoas, nessa corrida pela predileção do público.

Isso tudo pode ilustrar um pouco o que uma marca pode representar para alguém, e é assim que ela se torna objeto de desejo pelas pessoas, e que por isso conseguem ampliar ainda mais esse desejo saindo do seu mercado de origem.

Esse é o caso da Calvin Klein, que se tornou referência no mercado da moda devido ao design dos seus produtos e a extrema qualidade em todos os vários setores que ela entra.

Entre todos os mais diversos setores que a Clavin Klein trabalha, podemos citar o de perfumes, roupas, cuecas, lingeries, meias e acessórios.

Apesar do grande número de produtos fornecidos por esta marca, ela é conhecida por nunca se acomodar e estender a quantidade dos seus produtos fazendo o máximo possível para criar cada vez mais produtos e conquistar clientes por todo o mundo.

A história de Clavin Klein

Hoje em dia a Clavin Klein é uma das maiores marcas de moda e marketing do mundo, e é através do seu sistema de distribuição e revendas que ela comercializa todas as suas coleções de roupas masculina e feminina, além de toda a sua gama de produtos.

Além das tradicionais peças em jeans, como calças, jaquetas, camisas, shorts e saias, as linhas desta marca incluem roupas masculinas sob medidas, ternos e vestidos femininos, roupas casuais e contemporâneas, lingerie, calçados, perfumes, roupas de banho, óculos, relógios, bolsas, joias, artigos em couro além dos objetos de decoração.

Mas antes dela dominar o mercado em diferentes setores, foi lá nos anos 60, quando o estilista Calvin Richard Klein começou com a marca através de um investimento inicial de apenas 10 mil dólares.

Junto com seu amigo de infância Barry Schwartz que se tornou seu sócio, eles lançaram a primeira coleção feminina e masculina da marca, inaugurando um showroom na cidade de Nova York, Estados Unidos, com os primeiros produtos da Calvin Klein que eram capas, paletós e casacos.

Foi nos anos 70 que a marca começou a trabalhar com sportwear que consistia em suéteres de gola rolê, japonas e calças estreitas, além de acessórios como cintos, sapatos, lenços e óculos.

Nos anos 80, a Calvin Klein começou a estampar a sua marca em roupas íntimas sendo uma alternativa voltada exclusivamente para o público mais jovem.

Como trabalhar com a revenda Clavin Klein

Hoje em dia, com o intuito de aumentar ainda mais o seu poder pelo mundo, a Calvin Klein tem uma forte rede de distribuição estando sempre disposta a conseguir novos parceiros que tenham interesse em realizar a sua importação.

Por isso, se você deseja desenvolver uma importadora especializada ou uma franquia Calvin Klein no Brasil, primeiramente deverá solicitar informações através da sua página no Facebook pelo endereço www.facebook.com/calvinkleinbrasil.

Outra maneira, é entrando em contato diretamente com o escritório internacional da marca, que deverá ser feito em inglês, através dos e-mails:

– Jennifer Crawford: jennifercrawford@ck.com

– Malcom Carfrae: malcolmcarfrae@ck.com

Importação Calvin Klein

Através do serviço de importação Calvin Klein, você receberá uma assistência para poder revender a marca com total segurança oferecendo um produto legal que pode ser revendido com lucros reais.

O único problema da importação são os impostos que são bem altos quando comparados com os lucros que você receberá.

Uma maneira de fazer isso, é fazer a importação como pessoa física e revender normalmente no país, e para isso existem métodos mais comuns, como por exemplo as viagens ao exterior.

Se você viajar para os Estados Unidos, por exemplo, poderá comprar as roupas pelo preço real, e revender no Brasil para os seus amigos e conhecidos. Lá é possível comprar uma calça da marca por 40 dólares, que sai pouco mais de 100 reais, e revender no Brasil por 200 reais por exemplo.

Trabalhe com a revenda Clavin Klein e faça bons negócios.