Aqui você verá curiosidades e dicas sobre trabalhar com a revenda de revistas diversas.

Pode parecer algo antigo, velho, perda de tempo, mas não é. Optar por trabalhar com a revenda de produtos por revistas é algo que dá muito lucro, ainda mais porque publicidade e propaganda nunca estarão em baixa, muito pelo contrário, crescem respectivamente muito e as revistas fazem parte deste leque no mercado.

E o principal de tudo isso, é que quando o que era ultrapassado ressurgi como novo, é hora de se apegar a ele.

Optar por revender revistas de diferentes produtos é algo que vem sendo uma excelente opção de empreendimento e possui vias legais para venda em um mercado gigantesco no Brasil.

Curiosidade sobre trabalhar com a revenda de revistas

Você sabia que inclusive as revistas gratuitas de bairro possuem intermediários que as repassam e ganham muito bem? Não a pessoa que edita e publica a revista, mas sim quem opta por revender revistas desse segmento.

E não são os donos das revistas que irão até as livrarias e bancas oferece-las e passar todos os seus atrativos. Para que isso aconteça, é preciso tempo e contato, e para atender a todas as bancas e livrarias, ou simplesmente o consumidor final, apenas uma equipe de venda não dá conta de tanto trabalho.

É por isso que surgem diversas edições dos mais variados estilos e segmentos de revistas a todo tempo no mercado e em regiões opostas do país, porém faltam representantes, ou seja, pessoas que trabalham revendendo essas revistas.

Isso sem falar no consumidor tradicional, que gosta de comprar sua revista ou tê-la em seus estabelecimentos para revenda ou para servir para o seu público.

Além da revista em si, também se vende um combo que vêm dentro dela, como edições exclusivas em cada edição, onde o apresentador do programa, a blogueira da internet ou o simples consumidor da banca encontra conteúdo para seus respectivos públicos.

Várias editoras não param de revender revistas

Trabalhar com a revenda de revistas se tornou algo mais palpável ao interessado e pode ser com certeza um atrativo para já. Por achar que não irão perder tempo, e o retorno será rápido, muitos optam por nomes mais conhecidos, como por exemplo as revistas das marcas Editora Abril ou Editora Globo entre outras.

Se souber explorar bem, também há como revender revistas e ter retorno, porém o mais interessante é entrar em contato com a central de cada editora para poder negociar valores.

Em relação as revistas do cenário musical, há várias opções, como por exemplo a Rock Brigade que em São Paulo possui circulação gratuita, porém para os outros estados poderá ser um atrativo para a marca e consequentemente lucro para o revendedor.

O cenário da revenda de revistas é amplo, e cada segmento oferece algumas centenas de revistas que estão prontas para serem revendidas, como por exemplo o mercado esportivo, do futebol, gospel, beleza, agrário, entre muitos outros, por isso a certeza de que isso pode ser um ótimo negócio.